CONHEÇA MELHOR A ANVISA E COMO ELA PODE INTERFERIR NO SEU NEGÓCIO

Fique por dentro das multas e penalidades da ANVISA, faça com que o seu produto se encaixe em todos os pré-requisitos desse órgão

No governo federal, o órgão responsável por toda a vigilância sanitária em nosso país é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). 

Este órgão regulamenta e fiscaliza empresas de fabricação, distribuição e comercialização de alimentos. Como por exemplo: indústrias alimentícias, supermercados, restaurantes e padarias.

A ANVISA atua como orientadora para que os empresários entrem no mercado com produtos e serviços de qualidade e que não ofereçam risco à saúde dos consumidores. 

Além disso, as autoridades da ANVISA e demais órgãos da Vigilância Sanitária trabalham na fiscalização da produção, no transporte e o armazenamento dos alimentos, visando o controle sanitário, de modo que se obtenha produtos seguros e livres de contaminantes. O não cumprimento da legislação sanitária implica em penalidades.

Entre as penalidades estão as multas que variam conforme a gravidade da infração, essas são classificadas como leves graves e gravíssimas. Ambas são impostas quando há algum fator agravante além da própria inflação, os valores destas também variam, sendo:

  • As multas leves cobram entre R$ 2.000,00 a R$ 75.000,00. 
  • As multas graves cobram entre R$ 75.000,00 a R$200.000,00. 
  • As multas gravíssimas cobram entre R$ 200.000,00 a R$ 1.500.000,00.

 Todas dependendo do critério dos fiscais.

As demais penalidades segundo a LEI No 6.437, DE 20 DE AGOSTO DE 1977:

  • Advertência;
  • Multa;
  •  Apreensão de produtos, embalagens e utensílios;
  • Interdição de produtos, serviços, embalagens, utensílios e equipamentos;
  • Interdição parcial ou total de estabelecimentos, seções, dependências, veículos e equipamentos;
  • Descarte de produtos, embalagens e recipientes;
  • Suspensão de vendas do produto;
  • Suspensão de fabricação do produto;
  • Cancelamento do registro de produto;
  • Cancelamento do Alvará Sanitário ou Licença de Funcionamento;
  • Proibição, ou suspenção de propaganda e imposição de contrapropaganda.
  • Alvos de fiscalização da Anvisa
  • A Anvisa dispões de regulamentos técnicos sobre as Boas Práticas de
  • Fabricação (BPFs) para o processamento industrial de cada tipo de alimento.
  • Durante uma inspeção sanitária, os fiscais verificarão a aplicação das BPFs no estabelecimento, que contemplam as condições higiênico-sanitárias obrigatórias para a produção, manipulação, armazenamento e transporte dos alimentos.

Outro item fiscalizado é o rótulo dos produtos. A ANVISA determina um conjunto de regras que padronizam a rotulagem de cada tipo de alimento, de modo que sejam fornecidas todas as informações relevantes para o consumidor. 

Além disso, alguns alimentos necessitam de registro de produto perante a ANVISA para que possam ser comercializados legalmente, a fim de atestar-se a adequação aos critérios sanitários requeridos.

Outra importante ação da ANVISA é a inspeção de produtos comercializados no mercado alimentício, a fim de verificar qualquer adulteração, falsificação ou fraude em alimentos e bebidas que possam acarretar risco à saúde pública ou mesmo enganar seus consumidores.

Visando auxiliar nossos clientes empreendedores do ramo alimentício, na CONAQ atuamos sobre cada um desses itens cobrados pela fiscalização da Anvisa, citados anteriormente. A CONAQ oferece serviços de elaboração do Manual De Boas Práticas De Fabricação, Rotulagem e Estudo Legislativo. Assim, são fornecidas todas as orientações necessárias para que nossos clientes adequem-se às normas legislativas, garantindo a qualidade e a integridade de seus produtos comercializados.

Se tiver alguma dúvida ou comentário sobre o artigo, nos escreva abaixo na caixa de comentários.

Artigo Desenvolvido por

João Vicente Tommasi

Equipe Conaq
Equipe Conaq

Gostou deste artigo? compartilhe nas redes!

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO