WhatsApp

(48) 3721-6361

5/5

NOVOS PRODUTOS ALIMENTÍCIOS DO MERCADO MUNDIAL 2024

Nícolas Marino de Farias
Nícolas Marino de Farias

A inovação do mercado alimentício impacta em diversos setores, de acordo com a maior multinacional de supermercados naturais do mundo (Whole foods market), o ano de 2024 promete-nos uma fusão tentadora de inovação culinária e valores de consumo em evolução. A inteligência artificial, a Geração Alfa e grandes mudanças estão no horizonte. 

Mercado alimentício global inovação do mercado alimentício e como o mundo está de atualizando

O mercado alimentício industrial global pode ser plenamente resumido em três grandes secções:

  • Mercado alimentício Americano: Mercado no qual originou os principais brands alimentícios existentes, as gigantes marcas de bebidas refrigerantes e snacks. Este mercado é o mais influente pois foi o mercado que coletou as inovações alimentares que havia no mercado europeu e oriental, adaptaram e industrializaram estes novos alimentos.
  • Mercado alimentício Europeu: Mercado muito diverso, devido a quantidade de países com culturas diferentes, crescente demanda por alimentos saudáveis, orgânicos e sustentáveis. O veganismo segue sendo muito destacado na Europa.
  • Mercado alimentício Oriental: Poucos países, porém cada um com indústrias de varejo muito distintas, na China o mercado é muito saturado com os melhores chás e muito focado em “commodities alimentares” em alto volume, já o Japão possui um dos mercados alimentícios industriais mais maduros do mundo devido a alta diversidade e inovação em seus produtos, por lá, têm-se desde máquinas de venda de salgadinhos feito de grilo até a mais saborosa das sobremesas estilo “waffle de sorvete” que não se encontra em outros lugares do mundo, e algo semelhante acontece também na coreia, com maior ênfase nos Snacks.
 

Tendências e inovação do mercado alimentício 

 

Brasil 2024:

Inovação mercado alimentício e barra proteica

Numa tendência de autocuidado e saúde como prioridade as pessoas buscam ingerir produtos que as façam bem e gerem mais energia para um longo dia. 

Assim, o tipo de alimento com maior busca na internet por consumidores são os snacks proteicos que são práticos e extremamente nutritivos para consumidores que fazem atividade física intensa que tem se tornado um hábito cada vez mais comum no Brasil. Uma prova disso é a adesão do mercado às bebidas proteicas vendidas no varejo, garantindo até 15 gramas de proteína por unidade.

Alimentos funcionais estão muito em alta de acordo com nosso time de mercado para 2024, alimentos antioxidantes, alimentos que aumentam a imunidade. Alimentos que sejam estimulantes, saborosos e funcionais se apresentam como a solução ideal para o consumidor como produto. O volume de busca por estes produtos é muito alto aqui no brasil. No ponto de vista comercial a ideia de comprar “saúde em uma embalagem” é muito atraente para o consumidor.

Produtos sem glúten possui uma média de pesquisa mensal bem grande, e vemos que este mercado de produtos sem glúten tem muito a ser explorado.

o mercado alimentício e sua inovação, veja como desenvolver seu produto

 

Conselho de tendências de empresas europeias

 

França whole foods marketinovação do mercado alimentício na França e suas tendências

Essa inovação do mercado alimentício inclui a cafeína com benefícios adicionais, voltando ao básico em produtos à base de plantas, o calor complexo das pimentas e a conservação e gestão da água.

Primeiro, o retorno ao básico continua com alternativas vegetais mais simples e ricas em proteínas, enfatizando ingredientes como cogumelos, nozes, tempeh e legumes. A valorização do cacau integral em produtos como geleias e compotas, e o surgimento dos frutos do cacau em pó.

Outra tendência é expandir o calor complexo com pimentas especiais, molhos botânicos e bebidas com infusão de pimenta. Espera-se que a inovação em macarrão instantâneo, com opções mais indulgentes e de melhor qualidade, continue. Em termos de pequenos luxos, devemos observar o surgimento da “Little Treat Culture”, com produtos de luxo a preços baixos para trazer alegria ao dia a dia.

Produtos como cafés e bebidas energéticas poderiam ser enriquecidos com cogumelos e probióticos.

Estas tendências refletem a evolução contínua das preferências dos consumidores e das inovações na indústria alimentar, destacando escolhas mais saudáveis, sustentáveis e inovadoras para os próximos anos.

De acordo com diretor do laboratório de ciência analítica agroalimentares da França da universidade de Dalhousie

O ano de 2024 promete-nos uma fusão tentadora de inovação culinária e valores de consumo em evolução. A inteligência artificial, a Geração Alfa e grandes mudanças estão no horizonte.

Um dos movimentos mais marcantes destacados é o advento da inteligência artificial nas nossas cozinhas e cadeias de abastecimento alimentar. Mesmo que nem sempre percebamos, a IA já faz parte do nosso dia a dia. No entanto, está prestes a revolucionar a indústria alimentar e a forma como os alimentos são comercializados aos consumidores. Com acesso gratuito, a IA torna-se uma ferramenta prática que aumenta as habilidades humanas no desenvolvimento de produtos, nas percepções do consumidor e até mesmo em testes de sabor.

Enquanto isso, o mundo dos alimentos proteicos à base de plantas está ressurgindo. A mania inicial por alimentos altamente processados e alternativos à carne está dando lugar a uma nova apreciação das qualidades intrínsecas dos alimentos à base de plantas.

Esta abordagem de “volta ao básico” reflete a crescente procura dos consumidores por simplicidade, autenticidade e nutrição.

Em outras palavras, o mercado evoluiu a partir do entusiasmo pela Beyond Meat, pois agora busca escolha, qualidade e sabor. O objetivo original de querer substituir completamente a carne parecia algo impraticável, dado que mais de 91% dos canadianos continuam a comer carne regularmente.

À medida que avançamos em 2024 e além, o mercado alimentício estará preparada para mudanças dinâmicas. A interação entre a tecnologia, a consciência da saúde do consumidor, as preocupações com a sustentabilidade e o aumento de novos grupos demográficos de consumo impulsionarão a inovação e a transformação no setor. Embora o futuro do nosso custo de vida permaneça incerto, podemos esperar que esse ano traga mais alguns fatos interessantes e menos desafios do que 2023, com muita inovação.

As 10 principais previsões de tendências alimentares do Whole Foods Market para 2024

 

Um retorno às raízes das plantas

inovação do mercado alimentício nos legumes e cogumelos

 

Este ano, estamos a assistir a um regresso aos fundamentos da cozinha baseada em plantas, ainda mais quando se pensa na inovação do mercado alimentício.

Em vez de recriar artificialmente o sabor e a textura da carne, os produtores estão recorrendo a fontes vegetais autênticas, como cogumelos, nozes e legumes.

Nessa inovação, o ramo de bebidas vegetais, algumas marcas chegam a oferecer produtos com apenas dois ingredientes, privilegiando a simplicidade e a naturalidade.

Trigo sarraceno em destaque

O trigo sarraceno, semente de superalimento, se destaca por seus diversos benefícios nutricionais, incluindo sua riqueza em proteínas, carboidratos e fibras, além de ser naturalmente isento de glúten.

Além de sua presença tradicional no macarrão soba, agora pode ser encontrado em leites vegetais, biscoitos e granola.

Peixe vegano premium

A procura por alternativas vegetais ao peixe continua a crescer em busca de inovação do mercado alimentício.

Estão surgindo produtos inovadores, como cenouras imitando salmão defumado ou cogumelos trombeta como vieiras.

Konjac, uma raiz vegetal, também se destaca em sushi e poke bowls.

A água e sua preservação

A conservação da água está se tornando uma questão importante para consumidores e marcas, visando sua reutilização para o mercado alimentício.

Novas marcas de água utilizam água de subprodutos de frutas para limitar o desperdício.

A ênfase também é colocada na agricultura regenerativa, que preserva o solo e a água.

Ao mesmo tempo, são desenvolvidos produtos ecologicamente responsáveis para minimizar o impacto no ambiente aquático.

Exploração completa do cacau

inovação do mercado alimentício: o Cacau e suas derivações

A valorização de todos os elementos do cacau surge como uma tendência a seguir para o mercado alimentício.

A Blue Stripes, por exemplo, aproveita todo o grão do cacau, enquanto na Universidade EARTH, na Costa Rica, os alunos pesquisam como processar a polpa do cacau que normalmente é jogada fora.

Além disso, os pós de cacau estão se tornando uma alternativa atraente ao açúcar.

Calor em todas as suas formas

Outra inovação são as pimentas de todo o mundo se destacam por seu calor único e complexo.

Novas variedades, como a pimenta Scorpion e a Guajillo, estão cada vez mais presentes no mercado, em diferentes formas.

Uma variedade de óleos e molhos de pimenta são adicionados às prateleiras, e Tajín está se expandindo para novas áreas culinárias.

Ramen revisitado

Com a inovação do mercado alimentício, o ramen instantâneo está evoluindo.

Os consumidores agora desfrutam de opções gourmet sem conservantes e MSG, proporcionando o calor e o conforto de uma tigela de macarrão com ingredientes premium.

A “cafeína limpa” está na moda.

Os consumidores podem agora combinar o seu impulso diário com benefícios adicionais, como cogumelos benéficos ou probióticos, proporcionando uma experiência revigorante e saudável.

Concluindo, o ano de 2024 promete ser rico em inovação culinária, com especial destaque para a sustentabilidade, o bem-estar e a autenticidade, variando o destaque do mercado alimentício.

À medida que os consumidores se tornam mais exigentes e conscientes das suas escolhas, as marcas, com a ajuda de retalhistas influentes como a Whole Foods Market, procuram satisfazer estas exigências com produtos de qualidade e eticamente responsáveis.

importância de se adequar ao mercado alimentício e sua inovação

ITÁLIA

inovação do mercado alimentício e os produtos na Itália

Tendências alimentares para 2024: da polpa de cacau ao macarrão gourmet, eis o que comeremos

Se 2023 foi o ano em que o óleo de abacate e os produtos particularmente atentos à proteção climática ganharam destaque, 2024 verá o trigo sarraceno, uma inovação do mercado alimentício vegetal à carne e ao peixe, macarrão gourmet, suplementos alimentares e cafeína com “benefícios”.

O relatório do mercado alimentício de integrais

É o que afirma a Whole Foods Market no seu relatório anual dedicado às tendências alimentares que irão aumentar em popularidade e caracterizar os próximos doze meses. Dez tendências identificadas pelo Trends Council (composto por mais de 50 membros da equipe Whole Foods Market, incluindo produtores, varejistas e especialistas culinários), com base em décadas de experiência e no estudo das preferências dos consumidores. “De ingredientes de produtos específicos a sabores e tendências crescentes na indústria alimentícia, estamos ansiosos para ver essas tendências ganharem impulso nesse ano”, disse Cathy Strange, embaixadora da cultura alimentar do Whole Foods Market.

Barras  funcionais para mulheres

Ainda com a inovação do mercado alimentício,ss tempos em que era tabu foram esquecidos, a saúde da mulher está agora em primeiro lugar também no mercado alimentício. Cada vez mais marcas criam produtos para apoiar o bem-estar feminino em todas as fases da vida e, portanto, específicos para o ciclo menstrual, gravidez, pós-parto, menopausa e também no sono. Entre as barras e snacks de maior inovação, especialmente formulados.

Cafeína e energéticos

Para muitos, o dia não começa antes de um café. Com a nova tendência de “cafeína limpa”, você descobrirá que existem outras maneiras de se dar o impulso certo e de vitalidade. Os novos “cafés” e bebidas energéticas com adição de cogumelos, probióticos e muito mais combinam o efeito boost com inegáveis benefícios para a saúde.

Outro italiano

Ao longo de sua longa história, o homem experimentou uma evolução notável em sua alimentação diária. Na verdade, a alimentação sempre foi um reflexo não só das necessidades alimentares, mas também da cultura, da tecnologia e das condições socioeconómicas do momento. Hoje, numa sociedade cada vez mais interligada e influenciada pela inovação tecnológica, as tendências alimentares estão sofrem uma revolução sem precedentes.

Com a inovação do mercado alimentício e a necessidade de alimentar uma população mundial crescente ou as alterações climáticas, o mercado alimentício está empenhada na procura contínua de soluções inovadoras e sustentáveis. Neste sentido, é apoiado por instituições de classe mundial, como a Comissão Europeia, que quer fazer de 2024 o ano europeu dos sistemas alimentares sustentáveis e resilientes, mas também por associações nacionais, como a WWF Itália, que coloca o futuro no centro das atenções.

Estas questões influenciam nas últimas tendências alimentares, mudando a nutrição e a relação com os alimentos, tanto do ponto de vista ético como de saúde. A era da junk food e do desperdício de alimentos está chegando ao fim e cada vez mais atenção é dada às dietas saudáveis a seguir e à forma como os alimentos chegam à mesa.

O mundo da restauração também é assim afetado e, obrigado a acompanhar os tempos, deve mudar os seus hábitos para evitar consequências desagradáveis. É também por isso que hoje o marketing alimentar se tornou uma verdadeira disciplina com múltiplos aspectos, por vezes bastante complexos. Manter-se sempre atualizado sobre as tendências alimentares atuais pode realmente fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso dos restaurantes num futuro próximo.

Assim, veja as tendências alimentares mais populares esperadas para ainda esse ano e a sua inovação:

  • Cultivando o Futuro: Carne Sintética
  • Desperdício Zero: Reciclagem de Alimentos
  • O poder dos cogumelos: micélio
  • Agricultura 2.0: A Revolução Verde
  • Prove sem remorso: bebidas não alcoólicas
  • Bem-estar numa garrafa: bebidas saudáveis

ESTADOS UNIDOS

prato que mostra a adequação a inovação do mercado alimentício

De acordo com a Whole Foods, a inovação do mercado alimentício de 2024 é o renascimento dos alimentos vegetais feitos com plantas reais. Acenando para produtos como Meati Carne Asada Steaks, atual Veggies Green Burger e Smallhold Organic Mushrooms, o painel acredita que iremos além de carnes falsas e retornaremos aos hambúrgueres vegetarianos e pratos principais feitos com vegetais reais, leguminosas, nozes e sementes. Os rótulos mais curtos dos ingredientes são “perfeitos para o purista vegetariano”, disse o Conselho de Tendências.

No que diz respeito às outras nove tendências alimentares notáveis, preste atenção aos produtos integrais de cacau (como frutas em pó e granola), um boom no trigo sarraceno naturalmente sem glúten e rico em proteínas, e espere ver muito mais peixes falsos à base de plantas, também.

Fique atento aos produtos que focam na conservação da água, diversas pimentas globais, macarrão instantâneo gourmet e talvez algo que a combinação Pringles e caviar sugerisse – pequenos luxos. Os profissionais da Whole Foods consideram seus macarons self-service, café com leite com manteiga marrom e sardinhas Fishwife Tinned Seafood Co. com pimenta como exemplos desses pequenos, mas que valem a pena.

 

O que é CONAQ?

Somos uma empresa júnior, da Universidade Federal de Santa Catarina, de acordo com a Lei 13.267/2016, e realizamos projetos de consultoria em engenharia química e engenharia de alimentos.

Entre em contato

FICOU INTERESSADO?

Fale agora com um de nossos especialistas!

R. João Pio Duarte Silva, 241  Florianópolis - SC

Email

contato@conaq.com.br

WhatsApp

(48) 98453-2219

Conaq | Todos os direitos reservados

Open chat
Fale conosco!
Olá! Podemos te ajudar?