5 PRINCIPAIS FATORES PARA UM PRODUTO ALIMENTÍCIO DE QUALIDADE – Conaq

5 PRINCIPAIS FATORES PARA UM PRODUTO ALIMENTÍCIO DE QUALIDADE

Descubra se o seu alimento se encaixa nos padrões necessários, a ponto de ser considerado pelo público, um produto de qualidade.

Com uma variedade enorme de produtos nas prateleiras e consumidores cada vez mais exigentes, é necessário ter um produto que se destaque aos olhos do consumidor. O termo qualidade é geralmente aplicado para expressar a “excelência” de um produto e, do ponto de vista do cliente, a qualidade está associada ao valor e à utilidade reconhecida ao produto. Portanto, pode-se dizer que a qualidade é um conceito multidimensional, ou seja, engloba vários fatores. 

A questão é: o que um consumidor leva em consideração na hora de classificar um produto como qualificado para seu consumo? Responda a essas 6 questões e descubra se um produto é ou não de qualidade.

  • O produto é seguro?

O produto deve estar livre de contaminações de microrganismos (bactérias, fungos, leveduras, vírus, entre outros) que causam mau cheiro e sabor desagradável, modificando a aparência natural dos alimentos. Para garantir um produto seguro, é preciso que a linha de produção siga um manual de boas práticas de fabricação e que análises laboratoriais sejam feitas periodicamente. 

  • A origem do produto e de todos os seus ingredientes é conhecida?

Saber a origem do produto e os ingredientes que o compõem transmite segurança aos seus possíveis compradores. Uma vez que os consumidores têm conhecimento de onde vem um alimento e seus ingredientes, eles tendem a comprá-los mais facilmente e com mais certeza da qualidade do produto. 

  • O produto foi fabricado de forma ética e sustentável?

É muito importante que a linha de produção do seu alimento não agrida o meio ambiente e nem outros seres vivos. Hoje em dia, sustentabilidade é praticamente um pré requisito para um produto ou serviço ser considerado de qualidade. 

  • Qual a qualidade nutricional?

A procura por alimentos com uma tabela nutricional balanceada, que possuam vitaminas e minerais em sua composição cresce cada vez mais. Usar ingredientes com alto valor nutricional faz com que o valor agregado ao produto cresça. Vale também analisar o seu mercado e público-alvo para entender que tipo de benefícios eles buscam ao consumir seu produto.

  • O produto é prático?

Embalagens fáceis de abrir e produtos que não precisam passar horas no forno ou na panela tendem a agradar muito os consumidores. Muitos deles vivem uma vida agitada e prezam pela praticidade. Vinculado a isso, também podemos citar a importância de ter um produto com uma boa durabilidade. Produtos com uma vida útil maior tendem a ser os preferidos na hora da compra. 

  • O produto possui qualidade sensorial?

Muitos aspectos impactam na qualidade sensorial de um alimento, entre eles o sabor, aspecto físico, odor, textura e até o barulho que faz quando mastigado. Para ter essas variáveis sob controle, é importante introduzir análises sensoriais no seu controle de qualidade ou ainda fazer uma análise sensorial durante a fase de desenvolvimento do produto. 

E agora que você já sabe quais são as principais características de um produto de qualidade, basta adaptá-las a sua produção e aprimorá-lo cada vez mais! 

A CONAQ pode te ajudar a trazer excelência para o seu produto, gerar maior durabilidade, te ajudar na criação de uma tabela nutricional ou até a desenvolver um produto novinho em folha; precisa de um auxílio profissional para aprimorar o seu produto? Podemos te ajudar, entre em contato com a gente! 

Se tiver alguma dúvida ou comentário sobre o artigo, nos escreva abaixo na caixa de comentários.

Artigo Desenvolvido por

Isabela Girardi Ronchi

Equipe Conaq
Equipe Conaq

Gostou deste artigo? compartilhe nas redes!

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO