BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO: VANTAGENS PARA OS NEGÓCIOS

As Boas Práticas de Fabricação (BPF) abrangem um conjunto de medidas, que devem ser adotadas pelas indústrias de alimentos e pelos serviços de alimentação, a fim de garantir a qualidade sanitária e conformidade dos alimentos com os regulamentos técnicos. Essas medidas descrevem e orientam quaisquer atividades que abrangem o meio produtivo e o processamento dos produtos, incluindo a saúde dos funcionários e sua higiene pessoal.

Devido ao crescimento de indústrias do setor alimentício no Brasil e seu grande impacto na economia, a fiscalização desses estabelecimentos, especialmente sobre as boas práticas de fabricação, vem se tornando  um dos principais documentos passíveis de fiscalização. Como consequência disso, o manual se torna um item obrigatório a maioria desses segmentos alimentícios,  sendo sujeito à multa pela ANVISA.

Aqui estão alguns problemas comuns que podem ser EVITADOS e SOLUCIONADOS  com o auxílio dessa importante ferramenta:

  1. Contaminação cruzada: Evita o contato da matéria-prima possivelmente contaminada com o produto em questão.
  2. Melhora Na saúde dos manipuladores: Diminui a ausência de funcionários enfermos, prezando pela higiene, e consequentemente aumentando a produtividade da sua empresa.
  3. Diminuição dos desperdícios: Com a boa aplicação das medidas diminui-se  consideravelmente os desperdícios  de matéria-prima e há um aumento do rendimento do processo.
  4. Otimização de  processos: Quando se tem tudo bem documentado e explicado fica muito mais fácil ensinar a um novo funcionário como funcionam os procedimentos, deixando o aprendizado muito mais dinâmico e prático
  5. Aumento de vida útil:  Etapas de um processo tomando as devidas medidas preventivas ajudam na elevação do shelf-life do  produto.

É  importante ressaltar que mais do que uma obrigação legal, o BPF deve ser um guia para o dia a dia da sua empresa, garantindo assim a qualidade da produção e permitindo a melhoria constante.

E aí, gostou das dicas e quer evitar esses tipos de  problemas dentro do seu estabelecimento? 

Entre em contato conosco e saiba mais como podemos ajudá-lo!

Artigo produzido por Pamela Baptista.

Equipe Conaq
Equipe Conaq

Gostou deste artigo? compartilhe nas redes!

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO

Open chat
Fale conosco!
Olá! Podemos te ajudar?