COMO ADEQUAR SUA EMPRESA PARA O NOVO PERFIL DO CONSUMIDOR PÓS-QUARENTENA?

No novo cenário de pandemia, o padrão de consumo das pessoas se modificou e a economia teve que se reinventar de modo a conseguir retomar o normal e acompanhar as novas tendências do mercado. Nesse momento, não se deve perder tempo. Aqueles que se adaptaram e estão se adaptando, que estão acelerando sua atuação e capturando as oportunidades, estarão mais bem preparados para enfrentar possíveis novos desafios do que aqueles que não o fizerem.

Com o objetivo de entender um pouco mais a nova realidade pós-quarentena e o novo perfil de consumidor do mercado brasileiro, listamos 4 principais características desse cenário e como você pode adequar sua empresa para acelerar o seu negócio. 

  1. A digitalização como reinvenção

Nos últimos meses, vimos o contato pessoal ser restringido e ser substituído pelos meios digitais. Muitos consumidores, que antes não se utilizavam do e-commerce, passaram a valorizar a segurança em suas compras e a preferir migrar para os serviços digitais. Claro que cada setor deve avaliar de que forma deve acontecer essa adaptação de negócio, porém a modernização tecnológica é uma tendência do mercado e deve ser levada em conta quando se pensa em aumento de produtividade e inovação.

  1. O novo e o diferente ganham destaque

Uma nova característica que foi observada no consumidor brasileiro é a abertura a conhecer novas marcas e lojas que antes não conheciam. Com a crise econômica e a pandemia afetando os hábitos das pessoas, algumas novas oportunidades surgiram e investir em um novo negócio nos ramos de tendência do mercado, bem como o aproveitamento das mídias digitais para divulgação, são estratégias a serem consideradas no momento de dar o start no seu negócio e lançar o seu produto no mercado. 

  1. Consumo com segurança e a saúde em primeiro lugar

O medo do contágio na hora das compras dificultou um pouco o comércio físico a receber clientes no momento de sua reabertura. A estratégia dos locais, com um layout capaz de transmitir segurança às pessoas, ter um grande espaço para permitir o distanciamento e ter uma boa circulação de ar são exemplos de medidas a serem tomadas para que aqueles que dependem do consumo presencial consigam se recuperar. 

Além disso, a valorização da saúde e da qualidade de vida entram com a tendência da busca por produtos caseiros e não industrializados, bem como os suportes que possibilitam praticar exercício físico em casa. Adequar a sua empresa às novas demandas do consumidor pode ser uma boa estratégia para alavancar o seu negócio.

  1. Sustentabilidade como critério de escolha

O impacto do consumo no meio ambiente atrelado ao foco no coletivo fez com que a sustentabilidade e as preocupações com o meio ambiente se tornassem um critério de escola de produtos e marcas. Os consumidores passaram a perceber de uma forma mais clara as consequências da ação humana e a buscarem por ações práticas que pudessem auxiliar na redução dos efeitos negativos que causamos na natureza.

Empresas que buscaram inovações na área de embalagens biodegradáveis e produtos que buscam incentivar uma economia circular acabaram por ter um destaque na visão do consumidor. Outras alternativas, como a neutralização das emissões de carbono, também vêm sendo buscadas por empresas dos mais variados portes. Essa solução em específico, a neutralização de carbono, é uma solução que contribui com o combate às mudanças climáticas, no qual se realizam técnicas de compensação das emissões de gases de efeito estufa que não podem ser reduzidas.  No entanto, alguns cálculos feitos podem ajudar na redução de custos de transporte e energia, por exemplo. Além disso, a aplicação da neutralização de carbono aumenta a credibilidade da empresa, além de auxiliar na visão de sustentabilidade do negócio.

Gostou das dicas? Quer saber mais sobre o serviço de neutralização de carbono? Entre em contato conosco para tirar suas dúvidas e saber mais!

Juliana Neves.

Equipe Conaq
Equipe Conaq

Gostou deste artigo? compartilhe nas redes!

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO

Open chat
Fale conosco!
Olá! Podemos te ajudar?