COMO INTEGRAR O SELO OU CERTIFICADO AO SEU PRODUTO?

Saiba as principais áreas que demandam um selo ou um certificado, entenda quais requisitos devem ser cumpridos e qual área que se encaixa melhor com seu produto.

Os selos e as certificações são artifícios representativos criados para comprovar a fidelidade de dado produto quanto a suas especificações ou auto-determinação para com diversos grupos alimentícios com configurações específicas. Isso, além de trazer identidade a seu produto, pode desenvolver uma ampliação de mercado para nichos específicos que trás agregado a si um alto valor de consumo.

Os selos podem ser criados e concedidos por empresas, instituições, associações de classe, laboratórios, organizações governamentais ou não governamentais com suas devidas regras e metodologias específicas de avaliação e comprovação, estando de acordo com o Inmetro. Além disso, podem ser representativos de fatores como, por exemplo, de isenção de glúten, de controle de perigos, de qualidade, de causas sociais, entre outras. Desse modo, para seu produto se enquadrar à implementação de dado selo ou certificado seu produto deve conter certas especificações a serem seguidas pelo mesmo e comprovadas. 

Conheça as 3 áreas onde selos e certificados estão mais presentes:

1-Controle de qualidade e de segurança

Selos e certificados de controle de qualidade se mostram de extrema importância, pois eles projetam no produto noções de relevância, proteção, qualidade e confiança para os clientes. 

Continue lendo e entenda mais sobre esses selos e como podem ser adquiridos:

  • SQF (Safe Quality Food): órgão internacional de segurança e qualidade de alimentos, para o qual deve ser encaminhada uma proposta, e será feita uma audição quanto a seu produto para o selo desejado. 
  • As normas internacionais (ISO) é um grupo das mais importantes certificações sobre segurança e qualidade, sendo formalizada no Brasil através da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). 
  • Outro selo importante é o HACCP ou, em português, APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle) para determinação e controle de pontos críticos de produção na indústria para aplicação de um sistema de gestão de segurança de alimentos
  • Já o Serviço de Inspeção Federal (S.I.F.), sendo obrigatório aos produtos que se seguem, assegura a qualidade de produtos de origem animal destinados ou não à alimentação, incluindo carnes, pescados, leite e seus derivados, ovos, mel e cera de abelha.

 2- Necessidades Fisiológicas

Outro grupo de selos e certificados de grande importância e de forte apelo ao valor são os selos que apontam à questões de limitações no organismo de algumas pessoas

Esses selos garantem ao consumidor que dado produto contém ou não certo produto que pode ser prejudicial ou benéfico a sua saúde, o que, para os que o necessitam o produto pode ser de muito alto impacto na vida do cliente. 

O Gluten-Free Certification Organization (GFCO) é o principal órgão responsável mundialmente por certificar produtos livres de glúten, sua assimilação depende de um registro nos conformes descritos pelo respectivo site, tendo de ser enviados todos os dados da planta responsável pela produção para avaliação e com um pagamento anual de $100.

O Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SisOrg) é o selo responsável por validar os produtos orgânicos em mercado e para se regular quanto a isso no MAPA e precisando estar de acordo com a LEI Nº 10.831/03. 

Os produtos orgânicos são de grande importância pois há uma grande abrangência de público, seja por uma alimentação mais saudável bem como por uma causa social, como trataremos a seguir, pelo baixo efeito nos solos e com um maior incentivo à pequenos produtores.

3- Causas sociais 

Uma causa social é um exemplo de como, por uma simples ideia ou ato de inclusão, é possível se infiltrar na vida de um cliente, fortalecendo mutuamente as forças. 

Partilhando da causa anterior, o selo vegano, tendo por causa não utilizar nenhum tipo de produto que tenha relação com a exploração animal é um exemplo disso, sendo  conferido pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). 

Para ter autorização de utilização de tal selo deve ser feita uma solicitação com a SVB e seguindo os passos para adequação com os produtos veganos, sendo feita uma avaliação da composição de seus produtos pela mesma. 

O Humane Farm Animal Care (HFAC), representado no brasil pelo Instituto Certified Humane Brasil (ICHB), é um selo representativo de um produto relacionado a produtores preocupados com o bem-estar dos animais envolvidos na produção. Para isso, você deve entrar com uma solicitação para com o ICHB, o qual fará uma avaliação de sua produção.

Por fim, diversos são os certificados que podem ser encontrados para agregar valor a seu produto ou te tornar capaz de apoiar efetivamente uma causa, sejam eles internacionais, nacionais ou até mesmo estaduais. 

Esperamos que tenha sido proveitoso esse material enviado e que tenha agregado um conhecimento útil. Mais do que isso, esperamos que se utilize disso para melhorar seus produtos e que sua empresa cresça ainda mais. Saiba que queremos contato com você, estaremos sempre abertos a uma nova conversa sobre seu negócio, entre em contato para entendermos o caso e descobrirmos juntos como podemos ajudar a alcançar suas metas e ampliar suas vendas.

Equipe Conaq
Equipe Conaq

Gostou deste artigo? compartilhe nas redes!

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO