WhatsApp

(48) 3721-6361

5/5

O QUE SÃO ALIMENTOS PLANT-BASED?

Giovanna Moreschi
Giovanna Moreschi

O que são alimentos plant-based?

Alimentos plant-based, ou à base de plantas, são aqueles que se originam de fontes vegetais e constituem a base de uma dieta focada em ingredientes naturais e evitam produtos de origem animal.

Essa dieta inclui uma ampla variedade de alimentos, como frutas, legumes, verduras, grãos integrais, nozes, sementes e leguminosas. 

Exemplos da alimentação plant-based:
  • Cereais integrais – Arroz integral, macarrão integral, quinoa, aveia, milho, centeio, cevada, trigo integral;
  • Raízes e tubérculos – Batata doce, mandioca, mandioquinha, batata, inhame, cará;
  • Frutas, verduras e legumes e leguminosas – Feijão, lentilha, grão de bico, ervilha, soja e amendoim, melancia, manga, pera, pêssego, abacaxi, banana, tomate, pimentão, pimenta, abóbora, pepino;
  • Oleaginosas e sementes – Castanhas, nozes, chia, linhaça, gergelim;
  • Produtos derivados de plantas – Leite de amêndoa, leite de soja, iogurte de coco, queijo à base de castanhas, tofu;
  • Óleos vegetais – Azeite de oliva, óleo de coco, óleo de abacate.

 

Como está o mercado de alimentos plant-based?

O mercado de alimentos plant-based está em constante crescimento e tem sido uma tendência significativa nos últimos anos. Várias razões contribuem para esse crescimento, incluindo preocupações com a saúde, conscientização ambiental e considerações éticas em relação aos animais.

Além disso, está ocorrendo o aumento da variedade e disponibilidade de produtos, com previsões de crescimento contínuo nos próximos anos. Segundo levantamento da empresa de pesquisa de mercado Euromonitor, aponta que o consumo da categoria evoluiu de US$ 48,8 milhões, em 2015, para US$ 82,8 milhões em 2020, um crescimento de quase 70% em cinco anos. Para 2025, a estimativa é que o segmento venda US$ 131,8 milhões no País.

Os alimentos plant-based utilizam alta tecnologia e processamento industrial para aproximar os vegetais do sabor e da textura do alimento à base animal. Ainda não há uma regulamentação oficial, estabelecendo modos de produção e uma nomenclatura de consenso. “Carne vegetal” e “carne feita de plantas” são alguns dos termos utilizados para nomear esses alimentos.

Lançamento de produtos no mercado

A crescente demanda por alternativas à base de plantas tem impulsionado a inovação na indústria de alimentos, e grandes marcas já aderiram a produção de alimentos plant-based.

Confira abaixo alguns exemplos que podemos encontrar atualmente no mercado:

  • Hambúrgueres vegetais: Já existem várias marcas que produzem hambúrgueres à base de plantas, feitos principalmente de ingredientes como proteína de soja, proteína de ervilha, cogumelos e outros vegetais. Podendo ser encontrados em grandes redes, como em lojas do Burger King e em restaurantes do Outback Steakhouse.
  • Leites vegetais: Leites à base de plantas, como leite de amêndoa, leite de soja, leite de aveia, leite de coco e leite de arroz, são alternativas populares ao leite de vaca.
  • Refeições prontas: Existem muitas opções de refeições prontas à base de plantas disponíveis no mercado, incluindo massas, pizzas, entre outros. Logo, como a Sadia Veg & Tal, com uma linha inteira 100% vegetal, oferencendo tortas, nuggets e hambúrgueres.
  • Queijos vegetais: Os queijos à base de plantas são feitos principalmente de nozes, sementes, óleos vegetais e outros ingredientes.

 

Possui interesse em desenvolver um produto plant-based?

Na CONAQ, realizamos o serviço de desenvolvimento de produto alimentício! Se interessou? 

Entre em contato com agente clicando na imagem abaixo!!

propaganda para entrar em contato com a empresa com tema de desenvolvimento de produtos plant-based com um hamburguer vegetal do lado

 

Veganismo e dieta plant-based são a mesma coisa?

Embora, a dieta plant-based e o veganismo compartilhem semelhanças significativas, eles não são exatamente a mesma coisa.

O veganismo é um estilo de vida que busca excluir todas as formas de exploração e crueldade animal. Isso significa que os veganos consomem apenas alimentos de origem vegetal, mas também evitam o uso de produtos de origem animal em outras áreas da vida, como em vestuário, produtos de beleza, entretenimento, e assim abrangem uma visão mais ampla. Além disso, o veganismo muitas vezes envolve uma preocupação ética e moral com os direitos dos animais, enquanto a dieta plant-based se concentra principalmente na alimentação e na exclusão de alimentos de origem animal.

Benefícios da alimentação plant-based 

Optar por uma alimentação plant-based pode trazer diversos benefícios para a saúde, incluindo a redução do risco de doenças crônicas, como doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e certos tipos de câncer, comprovado segundo estudos. Logo, essa dieta é rica em fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes ou com ação anti-inflamatória, fundamentais para a manutenção de um corpo saudável.

Além dos benefícios para a saúde, a alimentação plant-based também é benéfica para o meio ambiente. A produção de alimentos de origem vegetal geralmente requer menos recursos naturais, como água e terra, e gera menos emissões de gases de efeito estufa em comparação com a produção de alimentos de origem animal. Assim, oferecendo uma alternativa saudável e sustentável para aqueles que desejam adotar um estilo de vida mais consciente em relação à saúde e ao meio ambiente.

O que é CONAQ?

Somos uma empresa júnior, da Universidade Federal de Santa Catarina, de acordo com a Lei 13.267/2016, e realizamos projetos de consultoria em engenharia química e engenharia de alimentos.

Entre em contato

FICOU INTERESSADO?

Fale agora com um de nossos especialistas!

R. João Pio Duarte Silva, 241  Florianópolis - SC

Email

contato@conaq.com.br

WhatsApp

(48) 98453-2219

Conaq | Todos os direitos reservados

Open chat
Fale conosco!
Olá! Podemos te ajudar?