SUPLEMENTOS ALIMENTARES: O QUE SÃO E COMO FUNCIONA O MERCADO?

Entenda as funções dos suplementos alimentares e as possibilidades desse mercado

Os suplementos alimentares são produtos destinados a fornecer nutrientes, substâncias biologicamente ativas, enzimas ou probióticos que complementam a dieta dos consumidores. A categoria de suplemento alimentar foi estabelecida em 2018 para garantir o acesso da população a produtos seguros e de qualidade. Assim, todos os produtos classificados como ‘alimentos para atletas’, ‘alimentos para gestantes’ e ‘suplementos vitamínicos e minerais’ passaram a ser considerados suplementos alimentares.

Alguns suplementos podem ser compostos por várias vitaminas e minerais. Esses são chamados de multivitamínicos. Já outros podem conter apenas certas substâncias, como a creatina e a espirulina, que são produtos especialmente indicados para pessoas que realizam atividades físicas.

Atualmente, os tipos de suplementos alimentares presentes no mercado são:

  • Suplemento alimentar hipercalórico: Facilita a ingestão de uma alta quantidade de calorias e oferece boas quantidades de proteínas, carboidratos e gorduras. É indicado para pessoas que querem ou precisam aumentar o consumo calórico. Geralmente, são utilizados por indivíduos que almejam o ganho de massa muscular e precisam manter um superávit calórico (consumo calórico superior ao habitual).
  • Suplemento alimentar proteico: Contribui para o ganho de massa muscular. São uma fonte rica de energia, que favorece o crescimento dos músculos.
  • Suplemento alimentar termogênico: Acelera o metabolismo, o ritmo de funcionamento das células do corpo. Assim, possibilita-se aumentar o gasto calórico durante a prática de exercícios.
  • Suplemento alimentar antioxidante: Previne os efeitos do envelhecimento. Isso porque os antioxidantes são substâncias que evitam a ação deletéria dos radicais livres sobre as células, a qual favorece o envelhecimento celular.
  • Suplemento alimentar hormonal: Fornece nutrientes e estímulos naturais para a produção de hormônios endógenos no organismo. É utilizado para regularizar os níveis do sistema hormonal.

Uma pesquisa patrocinada pela Abenutri(Associação Brasileira de Empresas de Produtos Nutricionais) e pela Abiad(Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres) em conjunto com a Abifisa (Associação Brasileira das Empresas do Setor Fitoterápico, Suplemento Alimentar e de Promoção da Saúde) mostrou que 54% dos brasileiros consomem algum tipo de suplemento alimentar. Os principais suplementos levantados pela pesquisa são os que contêm ômega-3,  óleo de fígado de bacalhau, multivitamínicos, proteínas, fibras e minerais.

O mercado de suplementos alimentares no Brasil tem apresentado crescimento sustentado nos últimos anos. Ou seja, é um setor bastante estável, que não tem sofrido variações negativas. 

Por isso, esse é um excelente atrativo para os empreendedores que buscam um novo nicho para investir. Com a popularização dos assuntos relacionados à nutrição, a tendência é que esse segmento evolua nos próximos anos, ampliando ainda mais sua capacidade de atrair novos investidores.

Produzido por Karine Alves

Equipe Conaq
Equipe Conaq

Gostou deste artigo? compartilhe nas redes!

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO