COMO REINTRODUZIR O SORO DO LEITE EM OUTRO PROCESSO PRODUTIVO.

Saiba como o resíduo processual do queijo se tornou uma matéria-prima amplamente utilizada.

Você sabe de onde vem o soro do leite?

O soro do leite é um resíduo produzido na fabricação de queijos. Com a utilização de bactérias e enzimas, o leite é separado em coalhado(parte sólida) e soro(parte líquida). O coalhado se tornará depois o queijo que conhecemos, e o soro é considerado resíduo do processo e é comumente descartado.

Apesar de seu longo tempo de descoberta, há pouco tempo que o processo de produção do queijo começou a ser melhor trabalhado, principalmente visando a redução de resíduos. Os avanços tecnológicos permitiram com que pudéssemos trabalhar com o soro de leite como matéria prima para outros produtos.

Por que aproveitar o soro?

Se tratando de um resíduo processual, seu descarte deve ser feito de forma adequada, seguindo a legislação vigente em sua região. O descarte impróprio na natureza acarretará em sérios problemas com as entidades regulamentadoras do Brasil.

  Uma alternativa ao descarte do soro é a utilização do mesmo em outros processos, para que o resíduo se torne um produto de valor agregado, gerando mais valor à empresa que o produz e reduzindo o impacto ambiental do mesmo.

Como aproveitá-lo?

Há algumas alternativas quando falamos de reaproveitamento do soro de leite, sendo elas:

  • Fabricação de proteína isolada: 

O mercado de suplementos alimentares é um dos maiores quando falamos da utilização do soro de leite como matéria-prima. O soro, por ser rico em proteína animal de grande valor biológico e em aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA’s), é visto com bons olhos pelos praticantes de atividades físicas. O mesmo é utilizado para a fabricação do Whey Protein, composto proteico em pó derivado do soro do leite.

Além disso, o mercado fitness cresce a cada ano que passa, devido ao aumento da preocupação da população com a saúde física, e sua relação com o desempenho pessoal e profissional. Cada vez mais estamos dispostos a investir tempo e dinheiro em nossa saúde.

  • Fabricação de outros queijos

Há algumas variações existentes de queijos que utilizam o soro de leite na fabricação, e não o leite em si. Alguns destes são os queijos franceses Brousse e Brocciu e o queijo italiano, a Ricota.

Esta etapa é preferida por muitas queijarias, por se tratar de um novo produto no leque de opções da empresa para o consumidor, além de sanar uma dificuldade enfrentada na produção de outros queijos, que é o descarte do soro.

  • Fabricação de bebidas lácteas 

As bebidas lácteas são fabricadas a partir de uma mistura entre iogurte e soro de leite. Ou seja, o soro é peça fundamental na fabricação destas bebidas. Tais bebidas são amplamente consumidas, principalmente pelo público infantil, e já possui um processo de produção bem estabelecido e seguido por diversas empresas em todo o Brasil, o que facilita na busca por equipamentos de produção na indústria.

  • Fabricação de soro de leite em pó

Uma alternativa é a transformação do soro de leite líquido em soro de leite em pó, através da secagem do produto. Esse processo aumenta a vida útil do soro e tem como finalidade o fornecimento do produto a outras empresas do ramo alimentício, para que façam seu reprocessamento na hora do uso. Empresas ligadas à produção de achocolatados, iogurtes e biscoitos costumam utilizar o soro em pó na hora de produzir seus produtos.

Vale a pena aproveitar o soro de leite? 

Esta resposta depende da situação, da finalidade e do porte da empresa, até porque, como podemos perceber, há diversas alternativas para o uso do soro de leite na produção de outros produtos.

Porém, alguns dos processos necessitam de um investimento inicial maior, como é o caso da produção do soro em pó, que utiliza um maquinário com maior tecnologia. Para isso, você também pode optar pela terceirização dessa produção e lidar somente com o fornecimento da matéria-prima (o soro) para o processo. Além disso, outros processos são bem mais simples e com baixo custo, como a fabricação de outros queijos.Se ainda tiver dúvida a respeito da utilização do soro de leite, ou se quer aplicar uma das alternativas que citamos acima, temos uma equipe de especialistas que podem te ajudar! Entre em contato com a CONAQ   e conseguiremos as melhores soluções para você!



Artigo Produzido por: João Victor Souza

Equipe Conaq
Equipe Conaq

Gostou deste artigo? compartilhe nas redes!

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO